CARTÃO DE VISITAS BLOG DA DRIKKA CALCINHAS SHOW DE FOTOS DRIKKA TRAVESTI
FOTOS SENSUAIS
PÁGINA PRIVADA
SALTO ALTO
FOTOS 2016
TOP RELATOS
FOTOS 2015
VIAGEM 5
Dúvidas Leitor
Fantasias
Boneca Drikka Acomp.
Relatos Inéditos
Fotos Viagem1
Fotos Viagem2
Fotos Viagem3
Fotos Viagem4
DSTs/Sexo Seguro
Fotos Maio2013
Fotos Fetiche
Relatos Quentes 1
Relatos Quentes 2
Modelitos Balada 1
Relatos Apimentados
Galeria Fotos 1
Galeria Fotos 2
Galeria Fotos 3
Aventuras de Sabrina I
Aventuras de Sabrina II
Ensaios Passados
Para descontrair
Paradas Gay
Capas do Site 1
Capas do Site 2
Capas do Site 3
Capas do Site 4
Meu Diário/Blog Arq 1
Meu Diário/Blog Arq 2
Meu Diário/Blog Arq 3
Meu Diário/Blog Arq 4
Meu Diário/Blog Arq 5
Meu Diário/Blog Arq 6
Meu Diário/Blog Arq 7
Meu Diário/Blog Arq 8
Meu Diário/Blog Arq 9
Meu Diário/Blog Arq10
Meu Diário/Blog Arq11
Meu Diário/Blog Arq12
Meu Diário/Blog Arq13
Meu Diário/Blog Arq14
Meu Diário/Blog Arq15
Meu Diário/Blog Arq16
Meu Diário/Blog Arq17
Meu Diário/Blog Arq18
Meu Diário/Blog Arq19
Meu Diário/Blog Arq20
Meu Diário/Blog Arq21
Meu Diário/Blog Arq22
Drikka Loira
Acompanhantes de Curitiba
Especial fotos Carnaval
Drikka Noela
ESPECIAL DRIKKA 20 ANOS
 
FANTASIAS, IMAGINAÇÃO, DESABAFOS, ARTIGOS ESPECIAIS E POESIAS ERÓTICAS...

Aqui escrevo sobre tudo, mistura de fantasia com realidade, dou asas à imaginação da minha imaginação, rs... Escrevo sobre coisas que gosto. Escrevo opinando sobre alguns assuntos, até como desabafo...  Escrevo sobre delírios e fatos. Fantasias e poesias de Boneca Drikka...


Reescrito em 07 de maio de 2011

O SEU PRAZER É O MEU PRAZER
TEXTO ESPECIAL SOBRE OS RELATOS ERÓTICOS...


Certamente eu gostaria de fazer um relato erótico pra todos os que saem comigo e o pedem. Alguns antes de sairem já dizem: - Drikka, não escreva sobre nós! Eu respeito o pedido, é claro! Mas, a grande maioria quer que eu escreva, infelizmente não posso, até por 'sensatez'! Como eu já escrevi várias vezes, tudo depende da minha inspiração, do ânimo e também de peculiaridades da transa... Muitas transas são iguais a de relatos que já postei, por isso muitas vezes faço releituras picantes.  Mas eu procuro atender com o mesmo carinho e atenção a todos os que me procuram. É claro, que sempre há mais afinidades com uma ou outra pessoa... Por isso meus queridos companheiros, só quero que saibam que o prazer de vocês, é o meu também. Independente de haver relato ou não! Afinal, quantos já puderam sentir o meu leitinho nas suas barrigas? Quantos depois disso me deixaram de quatro e mandaram ver? Quantas fantasias eu realizei com o mesmo tesão dos que foram comtemplados? Quem experimentou, sabe... Quem leu, imagina... É assim que sou acima de qualquer coisa, profissional! Uma profissional que dá o um toque pessoal a cada encontro que protagoniza. E os relatos fascinaram, fascinam e espero que continuem fascinando muita gente.

Ontem por exemplo, veio pela segunda vez o "Ruivinho". Ele totalmente dócil, quietinho e tímido. Apenas deita-se na cama e fica aos meus cuidados. Ele é totalmente ativo, então eu coloco uma camisinha no seu pau e começo a chupar. Ele me olha e geme. Diz que nunca fora chupado tão bem antes de me conhecer. O passo seguinte é sentar no seu pau e ficar subindo e descendo até explodir de tesão. E isso não demora nada... Tem prazer melhor pra mim? Ver sua carinha pidona questionando se vou ou não escrever sobre nós, é um prazer a parte...

Hoje por exemplo recebi a quarta ou quinta visita do "Gatinho selvagem". Uma delícia esse rapaz de 21 anos, mas com carinha de bebê... Fazemos de tudo... Começamos com aquele velho e maravilhoso 69, depois eu o como e, por fim ele me come. Mas, me come de um jeito só dele. Encaixado em mim, ele me ergue literalmente, ou então prende meus braços e quase me sufoca na cama, com uma voracidade animal. Não posso reclamar, pois quando ele me penetra e eu vejo seu corpo no espelho, sinto um orgasmo inexplicável. Claro que ele me lembra alguém, mas com certeza talvez até muito melhor que o original. Ele ganhou o relato "Seu Jeito Indomável de Ser"...

Pra encerrar esse texto, quero falar de outra pessoa de carteirinha. Conheço-o há mais ou menos 8 anos. Simplesmente o chamo de "Mister Bin", nada a ver com o Mr. Bean, o cômico inglês... Eitcha homem bom pra transar. É uma verdadeira máquina na cama. Gostosão, forte, peludo e com uma carinha de bom rapaz... Ele é o meu cachorrão....Ele gosta de ficar me masturbando, enquanto eu o chupo e também quando estou no sobe e desce no seu pau... Eu sinto vertigens, calafrios, arrepios, coisas maravilhosas que o gozo proporciona. Mas, tudo de uma forma controlada, que eu seguro o máximo que posso, pois quando explodo, sinto-me a própria lava do vulcão descendo a montanha... Estou quente, derretida e onde parar eu fico. Chamem um guincho, please! Ah, um detalhe importante: quando ele me ver explodindo, é automático vir a sua explosão também... Ele geme, estremece e só não berra porque eu peço que ele se contenha, pois é capaz do prédio todo ouvir os seus urros de prazer!!!É isso mesmo! Mr. Bin, é tudo de bom e quanto mais o tempo passa, mais gostoso e charmoso esse homem fica.

Sinto-me feliz por proporcionar tanto prazer e receber tanto e até mais por isso. Mas, como disse um motociclista especial: - Drikka, realmente você faz porque gosta! Parabéns, você é muito boa no que faz! Eu gosto mesmo. E, acima de qualquer coisa, faço sexo seguro em ambiente da mesma forma, pois quero que as pessoas que saiam comigo, levem de mim apenas as lembranças quentes dos momentos que passamos juntos... Não preciso dizer mais nada, não é?...

Você meu caro leitor que lê meus relatos e sonha comigo, de repente nem podermos nos encontrar, mas com certeza nesses momentos que você lê e fantasia, de uma forma diferente já estou te proporcionando prazer. E, com isso o meu site se torna importante. Pois não deixa de ser minha propaganda pessoal, mas é também um ponto de prazer virtual que atende às fantasias de muitos que estão pelo mundo afora.




Reescrito em 05 de maio de 2011

UMA NOITE NA BALADA...
TEXTO ESPECIAL SOBRE UMA NOITE NA BALADA...

A boate estava lotada, nossa quanta gente! Uma mescla de homens, mulheres e todo o sortimento de transgêneros. Em meio ao fog feito de fumaça, luzes piscavam e o povo dançava alucinado na batida forte da música tecno. Boys afoitos passavam e mexiam com as meninas e as travas. Eu também estava ali, num cantinho em companhia de amigas, com o pescoço feito um periscópio procurava algo que deixasse minha noite mais interessante. Meu olhar vago voltava à realidade, quando alguém chegava para me cumprimentar. Mas, logo eu voltava a minha maneira clássica de caçar. Eis que de repente, um gato alto, loiro, delicioso veio sorrindo em minha direção. Logo percebi de quem se tratava. Nos abraçamos longamente e me senti muito bem ao seu lado. Que delícia encontrar meu gatinho alemão, natural também do sudoeste do Paraná, quase meu vizinho, isso falando de nossas cidades. Ele estava levemente alcoolizado, mas perfeito para agarrar e levar pra casa e saboreá-lo lentamente. Afinal eu conhecia bem o material. Ele já fez festinhas comigo. Dois clientes que gostam de meninos bem-dotados conferiram o material e, eu assessorei tudinho e ainda aproveitei as sobras e, que sobras. Já com sua mão safada passando em minha bunda, ele disse que eu tinha ficado muito bem de ruiva. Ele me conhecera quando eu ainda era loira. Acho que já não nos víamos há uns 5 anos. Ele estava perfeito, mais gostoso ainda. Na época em que eu o conheci, ele acabara de sair do quartel. Notou também que eu estava com mais corpão, efeitos do silicone. Uau, quero te comer. Eu já me esfreguei nele e senti que algo se avolumou. Sim, seu pauzão estava duro. Por sorte na penumbra e já num cantinho, estes detalhes a grosso modo passavam despercebidos. Ele estava com uma latinha de cerveja na mão, me ofereceu e eu disse que não bebia, ele até riu de mim, insinuando que eu estava fazendo uma linha muito comportada. Falei que meu único vício, era sexo. Ele sorriu e disse que sabia muito bem disso... Enquanto estávamos ali agarradinhos chegou um amigo dele. Era a primeira vez que ele estava no local. Meu amigo loiro me apresentou a ele. Uau! Que delícia de homem perfeito. Alto, moreno, olhos verdes, de cavanhaque, e sem camisa com um corpo de arrancar suspiros de qualquer um. Todo cheiroso, gentil, se chegou, me beijou nas bochechas e eu fiquei quase sem ar. Olha, que sou puta velha, mas tremi na base. Ele com uma calça jeans dava umas voltinhas ali pela frente, feito macho se insinuando pra fêmea e além do dorso perfeito, a bunda era sensual demais. Claro que o puxei pra mim e tirei uma lasquinha. Passei a mão onde pude e conferi que o material era de primeira. Ele usava uma cueca branca que me deixou ainda mais afoita. Meu amigo loiro, saiu e disse que já voltava, que enquanto isso eu cuidasse do seu amigo. Foi pra já, agarrei o gato e lasquei aquele beijo. Eu não sou muito de ficar beijando na boate, mas com aquele ali, eu beijei e me senti uma princesa nos braços do seu príncipe encantado. Seu pau foi crescendo, não era tão grande como do meu amigo loiro, mas com aquela beleza e corpo, eu nem me preocuparia muito com o pau... Conversamos um pouco e descobri que ele era garoto de programa. Incrível foi ele dizer que já havia transado com muitos homens, mas nunca com um travesti. Ele ficou interessado em mim. Perguntou se eu tinha pau. Falei que sim. Ele quis saber o tamanho. Disse que era mais ou menos como o dele. Continuamos nos beijando, nos acariciando e estava rolando um clima. Daí a pouco ele me peruntou: - Se fôssemos namorados, você iria querer me comer? Eu fiz de conta que não ouvi. Mas ele insistiu: - Dar o rabo deve doer muito não é? Aí, eu disse que não, quando feito com carinho é bem gostoso. Pra deixar a situação ainda mais quente, apalpei sua bunda e falei que seria impossível que eu não quisesse comê-la, nem que fosse com a língua.
Naquele cantinho agarrados, parecíamos estar imunes ao resto do pessoal ali dentro. Simplesmente continuávamos a nos lamber, a nos apertar e a falar coisas quentes. Eu
estava completamente embriagada por aquele homem que me seduziu e estava prestes a me fazer gozar como louca. Já me imaginei sentada sobre ele, cavalgando sua pica enquanto ele apertada meus mamilos, acariando também sua boca, aquele cavanhaque sexy e despejando meu leite sobre ele...Mas, de repente o encanto acabou, outros amigos que estavam junto quiseram sair fora e consequentemente meus dois amigos também tiveram que ir. Ah! Que pena gatinho, mas fiquei pelo menos com o sabor dos seus beijos, algumas partes do corpo doloridas por causa dos seus amassos e um papelzinho com o número do seu telefone! Eu vou
ligar! Eles saíram e eu voltei à realidade. Chega de romance. Agora eu estava excitada e precisava de um corpo ou apenas de um pau. Queria gozar. E, isso não foi difícil, fiquei na entrada do dark room e comecei a festa. Saí da boate cansada e bem gozada. Mas, lembrando do meu gatinho delicioso, lindinho que nem sabia onde estaria, mas com certeza alguém estava desfrutando daquilo tudo. Eu não liguei pra ele e nunca mais o vi. Mas, sinceramente, acho que aquela sessão toda de beijos, amassos e promessas foram tão boas, pois sexo por sexo, é o que mais rola nas minhas baladas.



Reescrevi em 18 de outubro de 2010
QUE ME VENHA ESSE HOMEM...
UM TEXTO SOBRE MINHAS VONTADES SEXUAIS APROVEITANDO OS ATRIBUTOS DOS MEUS CLIENTES...

Doce, gentil e carinhoso, que faça sentir-me como uma fêmea, amada, beijada, desejada, extasiada, assim como o Carlos, caminhoneiro sabe fazer. Que tenha beijos ternos, quentes e envolventes como o Luiz, meu doce macho com lábios sabor de quero mais.

Que me agarre e eu sinta-me protegida no seu abraço forte, assim mesmo como o Nick tantas vezes o fez. Que me lamba dos pés à cabeça com sua língua ávida e sem pudor tal qual o Fábio tão perfeitamente o faz, toda a  vez que vem me amar. Que tenha um pau lindo, bonito e
assanhado como o do Diego. Que goste de trepar em todas as posições possíveis, assim tal qual Mister Tesão faz, toda vez que ginástica sexual quer comigo fazer.

Quero ficar, cansada, gozada, satisfeita de tanto prazer como fiquei na última vez que veio meu doce chocolatão Silvio. Que tenha uma bunda bonita como a do homem pauzudo do litoral catarinense, peludinha como do ursinho de Londrina, da cor do pecado como a do Andrezão ou branquinha como a do Wings, meu mais gostoso militar. Quero um homem sem frescuras, que adore cavalgar no meu pau, enfiar o dedinho no meu cuzinho, que deixe eu me esbaldar, assim, do jeitinho que o Mister Ro me deixa ficar.
Que fique de quatro, rebole e sinta-se uma putinha, assim como o Carlinhos faz. Não importa também se colocar um peruca, uma calcinha, uma sandália assim como o Edu costuma fazer. Basta que também deixe sua fantasia eu dominar. Deixe que eu sente no seu pau e fique pulando, quase desfalecendo de tesão, revirando os olhos e segurando ao máximo a
gozada, assim como faço com o delicioso Lulu, toda a vez que ele vem e diz, faça comigo o que quiser, mas quero te ver gozar! Que me ponha de bruços na cama, venha por cima de mim, beije minha nuca, morda devagarinho minha orelha e entre com seu pau duro dentro do meu rabinho bem lubrificado e ávido por uma pica selvagem. Assim o Paulo Grandão costuma fazer e me deixa simplesmente a delirar.

Quero depois ficar com o rabo ardido, mas feliz. Sentir que fui amada, desejada, gozada e estar toda cansada depois da sua visita. Quero ficar com o perfume em mim, nos lençóis, na toalha de banho, depois que ele sair. Que me venha esse homem, perfumado, limpinho, dengoso, gostoso, só a fim de dar e receber prazer. Que venha louco para me dar seu tesão e sentir como é gostoso acender o meu. Que converse comigo, sem ter que acender um cigarro, que me faça carícias e me conte de suas taras. Que seja inteligente e sonhador. Quero um homem que curta cada momento que ficarmos juntos e me iluda com sua persuasão.

Que me venha esse homem que simplesmente pode ser você que agora está lendo... Seja você novo ou velhinho, branco ou pretinho, gordo ou magrinho, alto ou baixinho...  Empresário ou pedreiro... Universitário ou bombeiro. Arquiteto ou cobrador... Álvaro ou cris, João ou Zezinho... Que faça muito, ou só um pouquinho. Não espere mais... Venha homem... Não me deixe a esperar!


Reescrevi em 24 de setembro de 2010...
MÁQUINA DO PRAZER

Num período conturbado na minha vida ele apareceu.
Deu um novo gás àquela fase em que fiquei um tanto quanto deprimida.
Se tornou um grande amigo e com ele vivi momentos marcantes... Vivemos até aventuras radicais andando por
lugares malucos como praias desertas, montanhas íngremes e pelo meio de muito mato por aí. Eu praieira como sou, muitas vezes o fiz
torrar ao sol, mas ele não reclamou... Depois ainda ele carregava cadeira, esteiras e guarda-sol.
Vários feriados de reveillon, natal ou carnaval, ele sempre esteve pronto pra me acompanhar por onde eu quisesse ir, nunca fez corpo mole, pelo contrário, ainda como bom amigo, sempre carregou as malas... Frio ou calor, não tinha tempo ruim pra ele. Saímos até embaixo de tempestades, que loucura, mas ele não reclamou.
Só nós ou com amigos, fizemos grandes festas.
Curtimos altos sons... Dance music, axé, músicas românticas, qualquer coisa
ele não se importava de ouvir comigo. Amigo de todos,
com meus sobrinhos, brincou de esconde-esconde...
Quantas vezes me viu sorrir e chorar, mas continuou ao meu lado como um grande amigo. Um companheirão...
Me viu fazer algumas bobagens e me arrepender. Por sorte nada sobrou pra ele...
Não disse nada quando fiquei em lugares escuros e perigosos fazendo marotezas.
As vezes até ele acabou molhado em pingos de suor, ou até de porra, ô coitado.
Durante o meu tempo de loira platinada, ele adorou andar comigo.
Fazíamos o maior sucesso! Muitos elogios pra mim. Mas ele também recebeu os seus...
Fomos uma dupla perfeita.
Poucas vezes se sentiu mal, a ponto de ter que ir ao hospital, e quando foi,
nada de mais sério aconteceu com ele, e ainda eu fui a culpada, ô amiguinho legal ... Afinal  acho que sempre me desculpou,
pois jamais fez pirraça, ou me deixou na mão por vingança...
Pois é, como é a vida, um dia tive que me separar dele e ele partiu para longe de mim...
Mas, nunca poderei esquecer do nosso bom relacionamento que durou quase oito anos,
que tão bem me fez, que tantas aventuras participou ao meu lado com sua beleza e presença marcante.
Senti tristeza ao me acabar nosso caso, mas
sei que seria melhor pra mim e pra ele. Com certeza meu amigão faria a alegria de muitos por onde quer que estivesse.
Espero que ele esteja bem, que esteja feliz...
Arrumei um novo caso, esse mais contido, mas que também sabe ser companheiro,
mas jamais vou esquecer do meu querido e possante: astra prata!

Boneca Drikka



drikka_agosto_branco



































A MINHA, A SUA, A FANTASIA DE TODO MUNDO...

Todos temos fantasias, pequenas ou grandes, frequentes ou não, malucas ou comportadas... Todo mundo tem, mesmo que não confesse, todos de vez em quando se pegam transpirando com alguma coisa que muitos, jamais confessariam, rs... Acordo as vezes pela manhã e fico rolando na cama e sonhando com homens, homens e mais homens. Tudo bem que sou compulsiva, acho que além da conta, rs... As vezes gostaria de estar com um negão bem sarado, forte, bem-dotado com sotaque carioca, rs... As vezes queria apenas homem bem branquinho, magrinho, da roça, do interior aqui do Paraná, rs... Outras vezes imagino um bombeiro, um policial, um marinheiro, todos devidamente fardados, ou então aquele homem simples ou rústico que eu acabei de ver na rua passando ou trepado em alguma construção...Eu sempre os imagino em pé na minha frente mostrando suas bundas para mim, virando-se sensualmente e fazendo cair de boca nos seus paus. Então ligo o dvd e vejo qualquer um deles na tela da tv e me imagino em total atividade. Tudo se desfaz quando meu pau jorra me lambuzando e eu volto à realidade... Ai que meleca, acabou a fantasia... Nesse momento me recolho e adoro a minha solidão, não gostaria de nenhum deles por perto, rs... Eu fantasio, mas também sou uma fantasia... Muitos me procuram e querem comigo realizar alguns desejos secretos comigo. Por sorte a grande maioria tem fantasias que eu acho que estão dentro da normalidade... Outros me ligam e querem realizar cada coisa, que as vezes até eu fico arrepiada e, nem sempre estou pronta pra essas, mesmo nem quero... Acho-as muito loucas ou bizarras, e imediatamente digo que não faço. Nada como aqueles que apenas querem estar comigo e comer minha bundona... Ou então aqueles que querem me chupar, também sentir minha porra caindo sobre qualquer parte do seu corpo, inclusive na boca, alguns querem na garganta. Outros querem usar qualquer peça do meu vestuário, seja uma calcinha, um par de meia 7/8, um vestido, ou então minhas sandálias, botas, perucas... Querem o homem e a mulher que existe em mim...Há aqueles que querem estar comigo e gostariam de uma terceira pessoa participando, seja uma mulher, um travesti , um garoto ou então outro cliente. Só realizo as que eu posso, as que não me estressarão, pois algumas não valem o pagamento. E assim o tesão rola livre e solto até o gozo... Ah, o delicioso néctar da consumação. Delicioso é modo de falar, eu sinceramente acho horrível, rs... Enfim, o gozo, o divisor de águas, alguns pulam da cama e queriam fazer um pirlimpimpim para sumir, principalmente aqueles que estão travestidos, outros tomam o banho e deixam ir ralo abaixo os resquícios das fantasias... Muitos estão na boa e podem até começar tudo de novo... Mas, quase todos vão voltar e fazer tudo novamente, assim que for possível, ou coçar o rabinho, ou então a tentação for mais forte! Assim eu vivo de fantasias, realizo fantasias e acho muitas vezes que minha vida é uma fantasia. Mas, sem neuras, como já falei, não caí aqui de paraquedas, tudo foi muito bem cronometrado. Viva a fantasia! Mas ainda tem aqueles que fantasiam e não conseguem se atrever a ligar ou então sair comigo ou outra acompanhante qualquer. Preferem ficar se tocando sozinhos, imaginando, voando, melecando seus micros, rs... Medos existem por diversos motivos... Vontade eles tem, alguns ligam uma vez, duas, três, trinta vezes e nada...Ao contrário de outros que ligam e já dizem: estou indo e encaram numa boa. Claro, se prometi tenho é que corresponder, preciso ser aquela que eles sonham dos relatos e fotos, senão a decepção vai protelar possível realização de fantasias cultivadas e prontinhas pra serem realizadas. Outros vão por aí bem ou mal, realizar as suas fantasias, afinal eu sou apenas mais uma, dentre tantas opções e de um universo ilimitado para a mente humana. No meu universo eu mando, cuido e dito as regras, quem me obedece é porque gosta da minha companhia, de como eu visto, de como eu tiro a fantasia e, do prazer que eu sei proporcionar. Também, já disse várias vezes, você não precisa necessariamente sair comigo para realizar uma fantasia. Em muitas situações, você pode até querer, mas um obstáculo chamado distância é o maior impedimento. Aí, nesse caso, o meu site, pode te transportar as mais deliciosas fantasias na minha companhia, claro que vai depender também do seu mundo imaginário! Já sabe como fazer não é?



FANTASIAS E FANTASMAS

Incrível como alguns homens são bem extrovertidos, dão e recebem prazer sem ficar questionando o porquê disso ou daquilo! Sei lá, se esses que são mais descolados já tiveram aquela coisa de ficar com medo do que está sentindo e muito mais em praticar? Pra algumas pessoas é
uma luta constante tirar do pensamento certas fantasias que com certeza mais os atormentam do que beneficiam.Então, escrevi isso apenas para ilustrar alguns encontros que são muito diferentes e as vezes até me contagiam com sensações esquisitas e inexplicáveis.A fantasia do homem por travesti é algo que faz parte de boa fatia da população masculina... Alguns correm atrás de suas fantasias e bem ou mal realizam-nas! Tem alguns que simplesmente não têm medo, mesmo depois de serem de alguma forma lezados por elas. Como o tesão é grande, dão a volta por cima e continuam desfrutando da sua louca fantasia, porque apesar de muitas travestis serem mais do basfond do que do que profissionais,as boas quando encontradas são cultivadas no solo fértil da imaginação dos t-lovers de bom gosto, é claro!Agora muitos vem, ficam patinando no lugar, o contato fica difícil por causa de um medo que os domina e no meu caso, tenho que ter muito jogo de cintura para contornar a situação e deixá-los sair aparentemente tranquilos depois de consumado o programa. Em geral o maior medo do homem é aquele que ninguém explica, é um medo abstrato, não se sabe do que, ele é uma mistura da adrenalina do primeiro encontro, do peso na consciência de estar fazendo algo algo errado, para alguns o fato de se sentir traindo, a iminência de contrair alguma doença venérea, até também de ser assaltado ou agredido, então isso tudo misturado vira um fantasma que precisa ser afugentado o mais rápido possível,mas você acha que é fácil? Olha quando passo por algum caso assim, fico quase que com as forças todas extraídas, tanto é a concentração e a desconcentração para poder resolver a situação e olha que tenho me saído bem pelo menos em 99% dos casos. Há alguns que são impossíveis, como por exemplo o caso de um homem que saiu comigo e depois de tudo feito, sentou-se ao lado da cama e começou a chorar, tirou sua identidade do bolso ficou olhando pra ela e se xingando, dizendo que ele era um verme, por estar fazendo isso com as pessoas que amava e por aí a fora...Precisava ver a minha cara nessa hora! Não sei se ria ou se chorava junto,rs...Esse que citei é apenas um dos que chamaram a minha atenção, mas pode crer que há outros... É difícil não? Outros são mais amenos, por exemplo quando a vontade é de ser passivo e não criam coragem de maneira alguma. Começamos a brincar e ele já pede para parar, daí a pouco quer de novo e novamente acha um obstáculo que o impeça de continuar.Aí surge outro medo que até devia ter incluído com os outros acima, o de se tornar menos homem, virar viado etc...Haja paciência, ainda bem que literalmente tenho o saco grande,rs...E olha que esses que me procuram vem por causa do blog e da confiança que transmito através do mesmo. Mas, mesmo assim eles trazem um medo fora do comum. É com certeza o tipo de cliente que jamais poderá procurar um programa assim na rua, pois lá dificilmente elas têm paciência para essas coisas, visto a situação toda que envolve o sistema das ruas. Então, se você que leu isso, tem esses medos, só vou dizer o seguinte: é melhor você realizar a fantasia do que ficar frustrado por não tê-la realizado, pois se você gostou você continua, caso contrário você continuará sua vida e sabendo que experimentou de tudo. E acrescento: o melhor que você tem a fazer é sempre usar camisinha, pois mesmo que você tenha traído sua parceira, você não ficará com receio de de repente tercorridos riscos que desestabilize sua vida como aconteceu por aí com muitas famílias por inconsequência do homem que curtiu desprevenido! No mais é relaxar e gozar, seja ativo ou passivo, goste de usar calcinhas, tenha gostos estrambólicos para a maioria, mas o que fazemos entre quatro paredes será segredo só nosso e com certeza você será mais feliz, de repente até sua vida sexual será mais apimentada! E só para encerrar digo que a sua vida será um pouquinho mais cor de rosa, e você continuará sendo tanto ou mais homem que muitos por aí que sufocam tais sentimentos agredindo os próprios travestis, por não ter coragem de assumir suas fantasias!Vamos lá, deixe a fantasia se tornar realidade e não o fantasma!


FOTOS FANTASIA

roxinha8



















loira3


















modelito_inverno1






























NÃO SE PRIVE DE SENTIR PRAZER

Muitos homens sentem tesão e só querem enfiar seu pau num rabo e gozar... Outros querem é um bom pau no seu rabo e igualmente gozar... Outros querem um troca-troca, gozar e ver gozar... Assim a grande maioria dá vazão aos seus impulsos explosivos que só se acalmam depois dos jatos de tesão que não duram mais que alguns segundos... Deu tesão, ligam para qualquer uma e a que estiver mais próxima é a que vai resolver seu problema. Assim é a grande maioria... Mas minorias estão por aí e sentem tesão, um tesão mais peculiar, que requer um tratamento especial e nesse caso não é qualquer uma que vai saciar a sua vontade... Eles precisam de uma especialista. Uma especialista em carinhos especiais. Você pode ser um daqueles homens que tem um tesão imenso nos mamilos, que voa, que delira quando alguém toca-os e te faz experimentar sensações indescrítiveis. Você pode ter um tesão sem igual entre o pênis, os testículos e na região anal. Precisa de um toque, de uma linguinha sem pressa que igualmente proporcione sensações únicas. Você tem tesão nas coxas, nas dobras das pernas e goza quando alguém sabe tocar como você quer. Você gosta de um beijo grego, todo especial, delicado e que quem esteja fazendo sinta prazer naquilo, pois você terá a certeza de que vai ser bem atendido. Você gosta de uma chupeta, mas uma chupeta sem pressa, uma chupeta feita por alguém que descubra todos os cantinhos do seu pênis e te arrepie quando a língua experiente desvenda o prazer que se esconde em cada dobrinha ou no orifício da glande. Você curte deitar ao lado de alguém e ficar brincando, acariciando e sentir a recíproca de cada toque que você distribui no corpo que te faz companhia... Você quer vestir roupas femininas, mesmo que elas não fiquem bem em você, aquilo vai te dar um prazer sem igual. De repente apenas uma calcinha, uma sandália, ou uma meia 7/8, será o aperitivo de uma transa muito louca, mas intensa... Você quer fazer isso, mas não quer olhares estranhos, você quer apenas ser compreendido e correspondido. Nada mais do que isso. Não é pedir muito... Isso pode ser tão pouco, mas você quer mesmo assim. Você também pode ter vontades um pouco estranhas para os padrões normais, como por exemplo ser chicoteado, ser humilhado, amordaçado, mas mesmo assim, isso é o que te faz feliz e você precisa de alguém que te escravize por alguns minutos e seja sua rainha absoluta! Então meus leitores... Não tenham medo de sentir prazer! Saibam que alguém pode realizar do jeitinho que você gosta! Pode ser difícil encontrar quem realize, mas não deixe de falar, de pedir a todas as que estão na sua lista de procura... A busca pode ser difícil, mas você acaba encontrando...E quando você encontrar, não menospreze essa pessoa, pois de repente outra igual você nunca mais achará! Então, pra que sentir vergonha de dizer que você gosta disso ou assado... O desejo é seu e o dinheiro também... Faça valer suas vontades, pois se elas forem do seu agrado, agradar vai ser o menos difícil, não é?



EXISTE UMA BONECA ACOMPANHANTE PERFEITA?

Jovem de beleza rara dentro do padrão que a mídia exige hoje... Alta, cabelos naturais e compridos. Olhos claros, dentes brancos e perfeitos com um narizinho estilo Nicole Kidman. Pele macia e sem pelos. Seios grandes à la Pamella Anderson, cinturinha de Thalia com uma barriguinha definida e um piercing no umbigo. Bumbum empinado, redondo e grande, sexy com uma marquinha minúscula de biquini. Um convite irrecusável ao mais devoto do derrière. Pernas bem torneadas em pézinhos delicados, tendo nas unhas apenas uma base transparente.
Totalmente feminina, agindo com naturalidade e ao mesmo tempo exalando exuberância e ousadia. Bem dotada, dona de um vigor sem igual,com o pênis sempre ereto para uma atividade plena e criativa ao gosto do mais exigente, sem contar que goza jatos potentes e quantas vezes for necessário.Simpaticíssima, voz delicada e com uma conversa dinâmica, envolvente e totalmente sedutora. Disponível 24 horas, para todos os gostos. Seja você, alto ou baixo, gordo ou magro, peludo ou pelado, perfumado ou suado, sarado ou descuidado, gentil ou grosseiro. Atende sexo normal ou bizarro, topa tudo, sem limites ou condições, quantidade não é problema, quanto mais melhor. O local mais seguro e discreto possível, também atende em motéis, hotéis, a domicílio, dentro do carro, no drive-in, na praia, no cinema, ou onde você quiser. Valor ou cachê não é problema, ela é super acessível e até parcela. Você não corre nenhum risco pois ela é livre,sem neuras, de bem com a vida, está sempre de bom humor, jamais você a encontrará cansada, com resfriado ou irritada porque levou um cano, desligaram o telefone na sua cara ou deram um cheque sem fundos e por aí a fora. Enfim nada deprime essa soberba diva do pecado mais rasgado possível, pois ela é a rainha e também submissa dos que a desejam. Essa beldade tem inúmeros predicados do bem. E aí ? Onde está essa deusa surpreendente? Ela existe? Se ela realmente existe, você acha que alguém ainda assim acharia um defeito e sairia por aí dizendo poucas e boas a seu respeito? Agora se ela não existir você se contentaria com quanto de uma acompanhante assim: 30, 60 ou 90%??? Mas importante seria que ela existisse e nos desse o prazer de entrevistá-la e na maior "discrição" possível nos fornecesse de lambuja alguns detalhes, peculiaridades, excentricidades, da sua relação com seus amantes amigos, naquelas horinhas intermináveis entre quatro paredes que com sua destreza os mantém aos seus pés. Quem sabe assim aprendessemos algumas coisas e fosse mais fácil acabar com esse impasse, essa situação de desconfiança, cobrança, desafinidades e falta de diálogo entre as partes interessadas, ou seja, bonecas acompanhantes e seu público consumidor. Agora preciso escrever sobre o homem ideal que uma acompanhante como esta que descrevi gostaria de conhecer! ---- Escrito por Boneca Drikka




























SE MEU SALTO ALTO FALASSE

Faz uns 8 anos que eu o comprei. Foi paixão à primeira vista. Bonito, arejado, salto de 12 cm e confortabilíssimo... Quando o debutei saindo pra balada, todas as que viram o elogiaram, queriam um igual, alguns quiseram sair comigo só por causa dele. Apertando o freio do carro, a embreagem e acelerando, ele era muito melhor que qualquer tênis ou sandália. Era ele ou então nada, nas muitas vezes que estive dirigindo, ou ele estava nos meus pés ou em cima do banco do carona. Na areia da praia ele não afundava, no escurinho do dark room ele viu as minhas peripécias, muitas vezes ficou ensopado, nos paralelepípedos de ruas e calçadas, onde até escorregava mas não caía, nunca me deixou na mão. Com ele meu gingado era perfeito, subindo ou descendo escadas, dançando ou fazendo ginástica em algum cantinho qualquer, quando algum gatinho era mais baixo que eu. Sozinho ou com tiras amarradas às pernas, ele deixava qualquer composição perfeita. Ficou ainda melhor quando eu colei sobre suas tiras pedrinhas brilhantes. Rejuvenesceu e continuou a ganhar elogios de todos os olhares que se lançavam sobre ele. Baladas, carnavais, feriados, nada tirava seu fôlego, ele era pau pra toda obra. Com o tempo, outros tentaram ocupar seu lugar, mas como estepe lá ficava ele, já sem algumas pedrinhas de brilhantes, ele continuava com seu brilho e era sempre requisitado. Esse nunca me desapontou. Mas, como tudo que começa termina, depois de tanto esforço, tantos dias de sol e noites de luar, lugares úmidos e abafados, cantos escuros e mofados, ele começou a cansar. Levei-o ao doutor, que diagnosticou estafa em alguns membros que foram substituídos. Não ficou novo de novo, mas quase e novamente foi severamente pisado, esmagado e teve que aguentar todas as aventuras de sua dona tarada, pisando em cada superfície que só ele tinha coragem de encarar, mas nunca deslizou e nem afundou. Como era maravilhoso meu salto alto, esse sim era companheiro. Novamente adoeceu e tive que levá-lo  ao doutor. Mas, agora eu deveria poupá-lo, ele já não era mais o mesmo. Então, deixei-o descansando. Outros o substituíram, mas nunca com a mesma performance... Então aposentei meu amiguinho. Um dia fazendo uma faxina, o encontrei todo amarrotado, mofado e pensei em abandoná-lo à dura sorte de um carrinho que carrega papelão, mas hesitei e dei um trato nele. Parece que ele sorriu, agradecendo. Até dei umas voltinhas com ele, mas já não era mais o mesmo... Ele deu conta além da conta, mas eu não podia exagerar também. Deixei-o guardadinho em lugar mais seco e ventilado. Ele ainda continua comigo e de vez em quando faz a festa de outras pessoas como por exemplo a Daniele e o Lu, que descobriram com ele, outras maneiras de ser feliz. Ele continua vendo coisas que infelizmente não pode contar, pois se ele falasse, não haveria espaço nos blogs... Já imaginou tudo o que ele presenciou quando eu estava em plena ação? No meus pés, ninguém melhor que ele soube a que temperatura chegou meu corpo nos momentos mais quentes ou num canto qualquer só ele pode assistir as cenas mais proibidas para menores de 21 anos, rs...

drikka_closes_abc




















QUANDO A ESCAPADELA É INEVITÁVEL!

Sabemos que é da natureza do homem ser infiel. Que é um instinto animal. Afinal quase todos os animais são assim... Há no momento cientistas fazendo experiências com ratos com um determinado hormônio, que talvez explique o porquê! Mas, a realidade é que os homens traem mesmo... Depende muito das circunstâncias, mas estas pelo jeito estão sempre favoráveis para que haja então o delito. Internet, televisão, revistas, são apenas alguns dos motivos que estão sempre mexendo com os hormônios masculinos. Na adolescência os homens já são incentivados a fazer sexo, pois dá "status" ser um pegador... E está muito fácil nos dias de hoje fazer sexo, só não faz quem não quer. Neste quem não quer, está a relação com a forma de educação, culturas e religião. Só mesmo um santo para resistir a tanta tentação... Então, fica difícil para um homem nos dias atuais se dizer fiel. Alguns até tentam, mas mais cedo ou mais tarde não resistem. Entram aí problemas no relacionamento, gravidez da mulher, mas ainda eu acho que é a tentação farta e ostensiva que acabam por criar o ambiente favorável. Mas, tudo acaba voltando naquela de dizer que é o desejo animal do macho. Alguns dizem que é macho quem resiste, e aí? O homem trai e sempre traiu, isso faz parte do comportamento do homem. Agora a mulher não podia, isso até hoje não faz parte do comportamento feminino. Porém as coisas mudaram e hoje as mulheres também dão suas escapadelas. Ou será que elas sempre fizeram e ninguém soube? Dizem também que elas são super discretas, não deixam pistas. Já os homens... Bem, a grande maioria que trai se trai. Por isso mesmo decidi escrever algo sobre isso... Fantasias estão sempre nas cabeças do homem. Mas, alguns só pensam com a de baixo. Tanto que muitos nem usam preservativo, tamanha é a liberdade que querem. Por culpa disso ou daquilo todos acabam querendo experimentar novos sabores fora de casa... Se você conversou, dialogou e não chegou num acordo com a parceira, tudo bem que queira fazer fora o que ela não faz em casa... Se mesmo tendo em casa, você não se satisfaz e quer mais... Se por causa da Drikka, você se sente tentado a realizar aquela fantasia escondida, seja cauteloso! Seja prudente e faça então... Melhor provar e viver sua vida numa boa do que viver frustrado por não ter coragem! Mas, é a mesma Drikka que pede que você não arrisque tudo. Tome cuidados inerentes para não viver um pesadelo depois, que com certeza fará você pensar que não valeu a pena! Eu sempre converso com as pessoas que saem comigo e muitas vezes fico surpresa com as histórias que me contam... Então, se você precisa mesmo dar uma escapadela tome alguns cuidados.

Só pra citar alguns:

- Você sabe que hoje em dia os cosméticos com brilhos estão na moda, certifique-se de que você não vai ficar com gliter ou purpurina na sua pele ou roupa. Bom mesmo é pedir pra sua "amante" não usar.

- Além é claro daqueles velhos conhecidos como cabelos e perfumes.

- Se você tomar banho, procure usar sabonetes que comumente usa na casa!

- Seja discreto com números de telefones em agendas, papéis em carteira ou bolso...

- Não saia com qualquer uma, tipo daquelas que depois ficam ligando pra você. Se acontecer troque o número urgentemente.

- Não transe sem preservativos. Muitas acompanhantes são porcas e pouco ligam se você vai pegar uma doença ou não! Elas sabem que você não vai exigir um exame lá no laboratório! Afinal você não é chegado e nem pode se dar ao luxo de barracos! Preserve assim a saúde pelo menos da sua companheira, inocente neste caso. Não esqueça que você está fazendo algo que não quer que os outros saibam, por isso não corra riscos à toa não usando preservativos.

- Se você está entrando ou saindo de um local suspeito, tenha sempre na ponta da língua a desculpa que você vai dar por estar ali. Seja criativo.

- Se você é uma pessoa vigiada, procure marcar programas em motéis. É sempre mais seguro. Afinal um local sem portaria é seguro em termos. Ninguém te viu entrar, mas ninguém pode te ver sair, rs...

- Em vez de ficar se culpando depois de ter feito a sacanagem, que tal usá-la como um incentivo na transa com a sua parceira?

- Procure sair com uma pessoa que tenha referências, assim você já estará seguro. Eu por exemplo, modéstia à parte, sou uma boa opção, rs... Escrito por Boneca Drikka.



RELAÇÕES CONFLITUOSAS ENTRE TRAVESTIS E A SOCIEDADE!

Acho que todo mundo tem curiosidade sobre interesses sexuais de uma pessoa qualquer. Afinal no dia-a-dia vemos muita gente, e cada uma, qualquer que seja o lugar tem como seu maior segredo sua vida sexual, ou a sua identidade sexual. O que é que aquela pessoa gosta? Será que na cama ela é assim ou assado? Como será o seu órgão sexual? Ela é feliz ou não com sua vida sexual? Temos um interesse nem que seja inconsciente por esse segredo, independente da profissão, do credo, da cor de cada pessoa... Imagine então, o interesse que causa um famoso ao deixar escapar detalhes do que faz na cama ou com quem sai para uma festinha! O furor na mídia é maior se for com uma prostituta ou então um travesti... Travestis perante a sociedade são seres espalhafatosos, com sexualidade indefinida e totalmente escandalosos. A mídia não nos poupa de usarmos desse trampolim, para o "sucesso"... Os homens que saem conosco são "rotulados" e por isso mesmo, jamais vão assumir uma escapadela ou até uma um fim de semana quem sabe... E por quê? Todo mundo já vai sair dizendo que ele é viado, isso ou aquilo. Travestis incendeiam o imaginário de muitos homens que se vêem hipnotizados por aquele corpo exacerbadamente feminino, mas com o sexo igual ao seu. Muitos não entendem esse tesão... Nem Freud explicaria, rs... O principal motivo é que esses homens gostam de travestis, mas não se consideram bissexuais e muito menos homossexuais! Independente de ser ativo ou passivo...A grande maioria vê nos travestis um grande apelo sexual. É muito difícil que haja um relacionamento além de uma transa! Isso também frustra grande parte dos travestis que não aceitam apenas serem vistos como objeto do desejo. Tal situação de uma parte e de outra gera esse conflito todo, onde se diz que travestis são infelizes e não sabem o que querem... Os homens que as amam na calada da noite, jamais serão encontrados à luz do sol! Enfim, como começou não sabemos, porque ainda hoje se vê travesti como prostituta e 99% realmente são profissionais do sexo! Se são pagas pelo trabalho, desde que se faça direito, não tem porque reclamar, é o "combinado", bom para ambas as partes... Embora isso nem sempre ocorra...Mas, talvez pelas condições todas que envolvem os travestis, a marginalidade faz parte do cotidiano da maior parte, entenda-se aí tudo o que leva a essa condição: "sexo sujo", drogas, doenças, assaltos e escândalos! A cada dia surgem mais e mais travestis, e essa situação desconfortável tende a continuar... Em raríssimas exceções aparecem na televisão em programas decentes, cinema ou no mundo dito normal. Embora os tempos sejam outros, já não há uma perseguição aos homossexuais como outrora, todo mundo saiu do armário, mas travestis continuam onde sempre estiveram e de onde parece que não vão sair tão cedo! Escrito por Boneca Drikka.



embaixodacalcinha



















COMPULSÃO ( a minha compulsão... )

O corpo cansado adormece. Mas um estranho desejo continua pulsando... Acordo suada, levanto vou até a cozinha e tomo um copo de água... Depois volto à cama... De repente não consigo mais dormir. Ligo o televisor e assisto sem ver o que se passa na tela... Ligo o dvd e assisto um filme pornô, que delícia ver a bunda do Leonardo Martins, que delícia vê-lo trepando... Claro que ele está transando com uma mulher... Mas vê-lo é o suficiente para aumentar a minha temperatura e começar a alisar meus mamilos e me masturbar... Daí a pouco, já nem presto atenção ao filme, meu pensamento começa a buscar momentos em que o tesão foi a própria adrenalina e tenha gravado em minha mente um filme melhor que o que passa na televisão. Alguma aventura louca como as que conto em " As aventuras de Sabrina"... Uma transa especial com algum cliente daqueles com quem tenho uma afinidade explosiva... Só me imagino subindo e descendo de algum pau em que o dono esteja massageando meus mamilos e esteja sendo o protagonista e o antagonista de uma cena de sexo, unicamente sexo compulsivo, que ameniza o desejo depois do clímax... São homens altos, bonitos, feios, peludos, pelados, sem alma, apenas dotados de instrumentos necessários àqueles momentos de puro frenesi e pecado. Minha mão percorre descontrolada sobre meus seios, minha barriga e meu pau que está duro pronto pra explodir. Mas, não quero gozar, quero mais, quero mais sexo e continuo buscando nas imagens da minha cabeça e correndo o dvd com vários entra e sai... Sai Leonardo, entra Ed, sai Eric Everhard, entra Lee Stone, e assim por diante até que a junção dos galãs dos pornôs com os machos do meu arquivo pessoal se fundam num turbilhão enlouquecido e consuma de uma vez essa vontade e eu possa enfim dormir... Alguns minutos depois, estou toda melada, até com raiva de mim, mas bem ou mal, satisfeita... Desligo a tv, tomo um banho e aí sim adormeço sem culpa nenhuma...

brancoepreto_a





















festa2008




























DESABAFO DA BONECA DRIKKA (escrito em 2003 )

Meus caros leitores, quero nesse espaço aproveitar para desabafar algumas coisinhas que ficam acumulando-se e chega uma hora que não dá mais mais para aguentar. Aceitei o desafio, tornei-me uma travesti. Só eu sei quantos obstáculos precisei transpor; enumerá-los seria demais da conta... Travesti, elogio, ou ofensa? Muitas pessoas perguntam se assim podem me chamar... Por que será que as pessoas me perguntam se eu ficaria ofendida? Alguma coisa está errada. Mas quem errou? Onde está o erro, ou os errantes nessa convivência entre travestis e a sociedade? Não importa, eu optei. Sou eu agora apenas mais uma, porque como a grande maioria vendo o corpo? Sempre deixei claro que faço mais por opção do que necessidade, mas o valor que eu ganho é as vezes ínfimo perto do valor que eu pago por isso tudo. Desistir não faz parte de mim, mas ainda descubro o porquê. Só sei que não quis aumentar a estatística das que vivem nas ruas. Por isso mesmo optei por algo mais reservado, menos exposto e aparentemente menos perigoso: atender pelo telefone através de anúncios em jornais e internet. É ótimo, as pessoas ligam, falam comigo, e vêem minhas fotos no meu site. Conquistei meu espaço apesar dos pesares. Curitiba, é uma cidade limitada quando se trata de serviço de acompanhantes. Jamais poderemos comparar a uma São Paulo.  Enfim amigos, assim, estou eu: uma acompanhante travesti. Agora me diga caro leitor, o que você acha de entrar num site com quatro ou cinco acompanhantes bonecas, travestis ou transexuais e fazer uma pesquisa pra ver aquela que mais se encaixaria na sua fantasia? Normal, não é? Há uma mais bonita, outra com um corpo mais delineado, outra mais bem dotada, outras isso, outras aquilo. Quem vender seu produto melhor, atrai o cliente, mas isso não quer dizer que a visita peça bis depois do trabalho, não é mesmo? Então... O que acontece quando você liga para alguém que pouco vende o seu produto e não quer mais ninguém vendendo? Exemplificando: Você liga, alguém atende e esse alguém se define como a melhor acompanhante da cidade, mas pouco fala de si e sim, menospreza as outras, desqualificando-as totalmente. Tortura quem insiste em ouvi-la com infâmias desmedidas e acusações que nem mesmo as mais perigosas na pista ou rua, como queiram, cometem. Eu mesma sou vítima disso. Sou acompanhante desde meados de 1997 e já no começo de 1998, comecei a ostentar várias qualidades a mim imputadas como por exemplo: portadora de aids e outras doenças, dizimadora de vários lares na cidade, perigosa assaltante de br, quadrilheira especializada em suadouros e extorsão de transexuais, falsária e outras coisas. Pode? Isso é um pouco apenas do que acontece, sendo que essas qualidades todas não são atribuídas somente a mim, mas a todas as outras que tentam também ganhar seu espaço, através de anúncios.... Que eu saiba,  não existe nada delimitando regiões ou clientes para tão somente alguém tão especial que na verdade, é incapaz sequer de mantê-los, pois é boa ao falar bobagens e péssima na hora de mostrar o que sabe como acompanhante. Não quero com isso dizer que não existam bonecas que sejam exatamente como se anunciam, que não usem perucas (não desmerecendo a quem use, porque não vejo nada demais); que não usem maquiagem mais forte para esconder algumas imperfeições e até mesmo que satisfaçam a contento os seus clientes. Mas com certeza a maioria tem mais carinho, coração e honestidade que uma tão somente, que se julga a mais perfeita e adequada para o que só ela está apta a fazer, e em inúmeras vezes não tendo capacidade de conquistar um cliente, faz com que o mesmo perca a vontade de sair com qualquer outra. Todos estamos expostos à criminalidade que cada vez se torna mais banal em nosso país, por isso precisamos tomar cuidados que hoje são inerentes à nossa sobrevivência no dia a dia. Existem muitas ovelhas negras por aí, mas quantos lobos em pele de carneirinho hein? Agora cabe a cada um julgar e ver o que é melhor pra si, afinal estamos numa época de democracia, que o diga nosso futuro presidente. O que não presta se descarta e vinga somente a competência. Caros leitores, esse foi o meu desabafo, pois estou cansada de ter que mostrar meu exame de que não sou portadora de Aids, hepatite ou sífilis, acender a luz no apartamento para que o cliente não pense que sou bonita apenas na penumbra, abrir as portas do guarda-roupa e mostrar que não há ninguém lá dentro ou até mesmo ficar estressada tentando deixar as pessoas à vontade totalmente amedrontadas por causa de mentiras ditas com tanta vêemencia que só mesmo a perseverança me faz continuar mostrando quem realmente eu sou. Mas começa a surgir uma luz no fim do túnel, pois é impossível que um mal dure pra sempre. Obrigada a todos os que sempre acreditaram em mim e mesmo ouvindo tantas mediocridades acreditam no meu cárater e personalidade. ''Ser Travesti'' pra mim é um enigma que tentamos decifrar todos os dias de algo ue é doce e amargo ao mesmo tempo, forte e frágil, tem seu forte poder de traição, mas não foje de sentir toda a dor da sua credulidade, seduz a vida e não engana a morte.

------
Escrito por Boneca Drikka em 2003. Sete anos se foram, mas digamos que estou aqui, bela e formosa, com uma boa clientela e ainda reescrevendo este desabafo. Não o estou reescrevendo por continuar sofrendo com inverdades não. Mas, para provar que realmente se eu fosse tudo o que de mal, alguém falou, com certeza hoje não estaria aqui. E quem falou onde está? Não me interessa, pois se me prejudicou, acredito que o fez muito mais a si, pois a boca fala daquilo que habita no coração. Um coração com ódio, jamais pode estar num corpo de uma pessoa feliz! Só por aí a gente imagina... Raiva e inveja fazem mal ao corpo, à pele, envelhecem mais cedo... Pronto, disse, tudo, rs... ---- Boneca Drikka em agosto de 2010.



VOCÊ PENSA COM A CABEÇA DE CIMA OU COM A DE BAIXO?

Volta e meia ouvimos o termo: pensou com a cabeça de baixo, quando um homem comete alguma besteira. Mas, besteira ou não, será que o homem pensa muito com a cabeça de baixo? Na minha opinião sim, rs... Eu explico, isto é até pela própria natureza do macho que foi feito para procriar, fecundar o maior número de fêmeas possíveis. Naturalmente por bom senso, questões culturais ou religiosas o homem se contém no âmbito social, mas na primeira possibilidade, ele esquece de tudo isso... Por isso muitas mulheres, quando querem sabem muito bem como prender um homem. Seria o poder da vagina? Pode até ser, mas prefiro dizer que é a facilidade do homem em agir com a cabeça de baixo... "Uma pesquisa realizada por um site estrangeiro (OnePoll.com) revelou que eles "pensam naquilo" 13 vezes por dia. Enquanto as mulheres pensam apenas 5." Além de que a mulher geralmente é mais discreta. Basta ficar analisando um homem caminhando na rua, sua cabeça parece um periscópio olhando a mulherada. São minissaias, calças apertadas, bundas, pernas, enfim, a cabeça de cima, está sendo comandada pela cabeça de baixo, pois essa não consegue ver, mas tem um poder de persuação incrível! Nesse contexto vale também aquela de que todo o homem é infiel, se não todos, 99%! Já escrevi aqui no blog sobre isso e, mais uma vez voltamos àquela tese de que o homem age segundo a sua natureza de procriação. Se naturalmente para o homem já é difícil ser fiel, nos dias de hoje está ainda mais difícil, pois as mulheres também estão mais atrevidas, assim sendo, o homem para fugir às tentações com certeza é uma espécie rara, quase em extinção! E você: quantas vezes pensa em sexo por dia? Você acha que a sua cabeça de baixo manda mais que a de cima?

Escrito por Boneca Drikka


FOTO ESPECIAL METAMORFOSE

metamorfose























Boneca Drikka



A DIFÍCIL VIDA FÁCIL DE TRAVESTIS DE PROGRAMAS


Dentro da esfera que envolve os homossexuais, o grupo mais polêmico sem dúvida é o das travestis. Nós, somos a primeira bandeira que se desfralda ao vento, mostrando quem somos. à luz do dia, no confronto de dois mundos: a devassa, a ladrona, a drogada e o choque com a mais puritana sociedade... à noite, a devassa, a ladrona, a drogada, a gostosa e o encontro com uma parcela da mesma sociedade,agora consumidora... Quanta hipocrisia!!! Agora entre nós, travestis, tudo fica mais complicado, pois complicamos demais... Uma querendo engolir a outra... Ninguém admite ser inferior... Ninguém admite ser a mais feia... a mais velha, a mais gorda, a mais detonada...Enfim, ninguém dá o braço a torcer...  Mesmo estampando na cara 50 anos, a idade continua ao redor de 30... Mesmo estando ridícula, brega e por fora, sente-se uma Gisele Bundchen... O corpo é massacrado de todas as formas para se conseguir aquela beleza tombante... O tombante na nossa gíria é sinônimo de poder, de arraso total... Mas muitas vezes quantas entram no tombante do verbo tombar mesmo, cair por terra... Quantas cicatrizes, quantos mondrongos, varizes e inúmeros problemas causados pela vaidade inconsequente... E a fila anda, apesar de relatos de muitas que morreram pelo uso indiscriminado do silicone industrial,a maioria vai naquela da comparação: se fulana ficou linda eu também posso. E assim, 99,99% pensam , inclusive euzinha pensava, pois também corri o risco!!! Certamente hoje eu não teria mais coragem!!! Nós estamos entrando num beco sem saída... A marginalidade com que muitas conduzem esse trabalho, nos afasta mais e mais de um tempo em que era gostoso sair às ruas e escolher os homens mais gostosos e ter realmente o prazer unido ao agradável e vice-versa!!!... Roubos e mais roubos, agressões e situações de extrema violência, estão afastando os clientes das ruas e também de nós... Quantos homens hoje saem a procura de mulheres com acessórios por terem medo!!! Hoje, o valor que se ganha nas ruas, está beirando o rídiculo, porque as boas pra sobreviver precisam pelo menos desses 5,10, 20 e no máximo 30,00 reais por um programinha básico. Claro que há exceções!!! Infelizmente chegou-se a esse ponto porque o roubo tomou dimensões alarmantes.... Infelizmente inúmeras cidades do Brasil estão nessa situação. Todas reclamam que está ruim para trabalhar, não há mais clientes. Mas, o roubo continua firme e forte, e aí??? Por anúncio em jornal, internet, ainda você encontra pessoas mais agradáveis e que não o exponham a situações de roubo ou agressão... Mas, também existem exceções!!! Há muito é a propaganda enganosa... Ou de repente o que podemos chamar de roubo light... É muito fácil dizer-se boneca... Travestir-se de qualquer jeito e esperar algum pato!!! Geralmente a pessoa chega e para evitar qualquer problema, mesmo não tendo gostado, paga e reza pra se livrar o mais rápido possível... Tem ainda aquelas que se acham no direito de dizer que esse ou aquele é "seu cliente"... Se 90% desses homens que nos procuram para um programa são casados, se não são de suas próprias mulheres a quem juraram amor e fidelidade, como serão de loucas mariposas que voam sem saber onde pousar?? Como em tudo nessa vida os bons pagam pelos maus... Entre travestis não é diferente, o problema talvez seja um pouco maior, porque digamos que a maior parte está no time das que não são as boazinhas... Por isso mesmo de vez em quando encontramos alguém pela frente que nos trata pior do que qualquer objeto descartável, ou lixo mesmo! Acham que todas são iguais e não merecem consideração... Eu mesma já fiquei chateada muitas vezes com clientes que diziam que me adoravam e era pura conversa fiada... Mas, a vida ensina... Hoje já fico mais centrada e não perco muito tempo não com quem sinto que não merece muita atenção... Não quero dizer com isso que vou tratá-lo mal, não é da minha índole, mas vou fazer somente o que combinei, nada além... Felizmente ainda há os que se salvam e de certa forma nos salvam... E nós, não fazemos nada para mudar a situação... Quando nos encontramos é só para jogar conversa fiada ou reparar nos peitos, na bunda da fulana, ou enfiadas nas salas de sexo só querendo pinto... Eu adoro isso, mas bem que podia haver mais cumplicidade, no bom sentido por que senão o que será da nossa geração? Umas morrerão da tia, outras assassinadas, outras por motivos que qualquer pessoa morre e o restante de depressão, solidão e abandono... Precisamos ter mais personalidade, mais atitude, mais humildade, mais sinceridade e menos orgulho besta, de se achar que é auto-suficiente e o resto que se foda!!! Ou será que isto é apenas UTOPIA??? Muita gente que está por fora quer entrar, porque acha tudo lindo e maravilhoso nessa vidinha louca que levamos... Pô! É só se arrumar, sair e já encontra um bofe, e ainda ganha por isso, que vida fácil!!! Então você encontra por aí um monte de gays que se travestem com uma peruquinha e uma calça jeans justérrima e acham que estão abalando todas as estruturas, mal sabem elas, que abalam apenas as suas próprias estruturas. Nada que o tempo não o diga!!! E o tempo é implacável!

Texto escrito por Boneca Drikka em 2004, mas que digamos continua atualíssimo em 2010, pois nada mudou, algumas saíram de cena, outras entraram, mas o roteiro é o mesmo e, a vida continua...










Site Map